Restaurante Paraíso Tropical – Salvador/BA

p7190163

Chef Beto Pimentel

Ainda em Salvador, numa tarde de domingo, sem sem o sol que há de Itapuã… pois chovia e muito, resolvi ir conferir de perto as alquimias gastronomicas de meu amigo Beto Pimentel. Beto, nascido e criado em Salvador, descobriu cedo o seu amor por plantas, frutas e mulheres, não necessariamente nessa ordem.

 

As iguarias do Paraíso

As iguarias do Paraíso

Mas o fato é que ele possui uma fazenda e um sítio, onde diariamente ele cuida de perto, de uma variedade sem fim de frutas exóticas, além de grande parte de verduras e legumes que ele prepara diariamente em sua fantástica cozinha. Não, não hâ nada de comparável com o que Beto Pimental faz. Ele é único e por ser assim, é especial. Quando for por lá não deixe de experimentar o siri mole empanado, que se come feito pastel. A lula tropical, que vem acompanhada de frutas caramelizadas no mais puro mel e também a muqueca de peixe e camarão, com ingredientes não industrializados, desde o dendê, leite de coco, molho de tomate, pimenta, temperos diversos… tudo é plantado, colhido e produzido por lá.

 

Para beber tem as roscas, que são caipiroscas elaboradas com sorbet de frutas tropicais e vodka. Mais parece um milk shake… De sobremesa, as frutas voltam a mesa em uma grande cesta, que se pode levar para casa. Sempre que vou a Salvador, tenho que passar por lá, pois além da excelente gastronomia, Beto Pimentel é uma simpatia… Não me canso de ouvir suas histórias, tão mágicas quanto sua culinária.

Tags: ,

Deixe um comentário